A ABINAM - Associação Brasileira da Indústria de Águas Minerais é uma entidade civil sem fins lucrativos, criada para congregar e defender os interesses das indústrias brasileiras de água mineral.

A associação foi constituída em 7 de novembro de 1947, no Rio de Janeiro, com a denominação de Associação Profissional da Indústria de Águas Minerais. Em 25 de novembro de 1975 assumiu a atual nomenclatura. Já o Sindinam foi criado em 1966. Em 1994, a sede das duas entidades foi transferida para São Paulo, visando favorecer sua atuação em nível nacional. Atualmente, a ABINAM e o SINDINAM estão localizados na Rua Pedroso Alvarenga, 584, 4º andar, salas 41, 42 e 43, em São Paulo. Cep: 04531-001, tel. 3167-2008, fax. 3167-2542, E-mail: abinam@abinam.com.br.

Ao longo da sua existência, a ABINAM tem oferecido uma grande contribuição ao desenvolvimento técnico da indústria brasileira de águas minerais, cujos padrões de produção e qualidade se igualam hoje aos dos países mais avançados do mundo. Na última década, especialmente, a promoção de seminários técnicos e a regularidade de realização do congresso anual da ABINAM, sempre com a participação de especialistas estrangeiros, asseguraram a disseminação interna de informações e conhecimentos essenciais à modernização da nossa indústria. Os congressos tiveram também o mérito de estreitar o relacionamento entre as indústrias e seus fornecedores de equipamentos e serviços, resultando em amplos benefícios comuns.

A ABINAM procurou ainda associar-se a entidades internacionais e a manter permanente intercâmbio com associações congêneres de vários continentes. Desde maio de 1997, por exemplo, a ABINAM é membro da mais importante organização mundial do setor, o Grupo Internacional das Indústrias de Águas Minerais Naturais da União Européia (UNESEM/GISEMES), com sede em Paris. Em novembro de 1999, a ABINAM foi convidada pela UNESEM/GISEMES a participar, em Servilha, Espanha, de um encontro de associações de águas minerais de varios países.

Na ocasião foi formalizada uma aliança Brasil-Portugal em defesa das águas minerais nos dois países, com apoio de todos os demais países de língua portuguesa. Junto aos poderes públicos, a ABINAM tem oferecido consultoria e assessoria na elaboração de legislação e normas que contribuam para a melhoria da qualidade e para a elevação do conceito das águas minerais brasileiras.

Diante do crescimento da distribuição de água em escritórios e residências, a ABINAM empenhou-se na criação de normas para oferecer mais qualidade ao envase em garrafões e maior segurança aos consumidores. Vale destacar, nesse sentido, o acordo da Abinam com a NSF International, uma das mais respeitáveis certificadoras de qualidade na área de alimentos, com o objetivo de certificar a qualidade das águas minerais brasileiras. O processo, já em andamento, deverá resultar na certificação de diversas marcas já a partir de 2004.
Dedica-se também, neste momento, juntamente com as empresas produtoras, ao objetivo de orientar e qualificar o comércio de água mineral em garrafões. Essa meta está sendo viabilizada através da campanha que a entidade vem fazendo para colocar todo o envase de água mineral em garrafões dentro das normas da ABNT, DNPM, ANVISA e PROCON.

Outra frente de luta da Abinam se volta para a exportação de água mineral. O projeto para formação do primeiro consórcio de empresas exportadoras de água mineral já foi aprovado pela Agência de Promoção de Exportações, que entrará com 50% dos recursos necessários ao processo de qualificação das empresas, abertura de mercados externos, divulgação etc.

Vale destacar, finalmente, a luta que a ABINAM desenvolve desde 1994 para defender o setor diante da ameaça das chamadas águas mineralizadas, segmento para o qual se voltaram diversas multinacionais de bebidas e alimentos.

Waldemar Junqueira Ferreira Filho, Carlos Alberto Lancia  e César Dib, três dos presidentes do Sindinam/Abinam









Abinam inaugura nova sede com homenagem a Benedictus Mourão

Cumprindo compromisso assumido no último Congresso, presidente da Abinam presta homenagem ao médico crenologista que ofereceu significativa contribuição ao conceito das águas minerais brasileiras

Na presença de quase toda a família do homenageado, a Abinam inaugurou no dia 13 de fevereiro sua nova sede, que recebeu o nome do médico crenologista Benedictus Mário Mourão, que foi um dos mais eruditos conhecedores e divulgadores das propriedades medicinais e terapêuticas das águas minerais.

A solenidade contou com a presença de diversos representantes do DNPM e da CPRM, da Comissão Permanente de Crenologia, de indústrias envasadoras, da diretoria da Abinam e de amigos do homenageado. A pessoa e a importância do trabalho de Benedictus Mário Mourão para o desenvolvimento da crenologia foram enaltecidos pelo presidente da Abinam, Carlos Alberto Lancia; pelo diretor-geral do DNPM, Miguel Nery; pelo médico crenologista Marcos Untura e pelos seus filhos Mário Mourão e Luiz Antonio Mourão.

Após o descerramento da placa comemorativa da inauguração da nova sede, localizada no 4º andar do edifício da rua Pedroso Alvarenga, 584, Itaim, São Paulo, foi servido um coquetel.

Benedictus Mário Mourão, autor de vários livros sobre crenologia, foi membro correspondente da Academia Nacional de Medicina e do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais; titular da Comissão Permanente de Crenologia do Ministério das Minas e Energia; diretor-científico da Sociedade Brasileira de Termalismo e diretor dos Serviços Termais da Prefeitura de Poços de Caldas.

Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 
ABINAM - Associação Brasileira da Indústria de Águas Minerais
Rua Pedroso Alvarenga, 584 | 4º andar | conj. 43 | 04531-001 | São Paulo | SP | Brasil
Tel/Fax: +55  11  3077-2050 | 3167-2008
  |  E-mail: atendimento@abinam.com.br 

 

 
Nipotech